Corrida: mitos e verdades

19 jun

Oi, meninas. Assim como em outros exercícios físicos, existem algumas lendas sobre a corrida que, de tanto repetirem, quase viram verdade! hehe Questões como: Mulheres grávidas podem correr? Correr deixa os seios caídos?  Hoje vou tentar esclarecer várias questões sobre a corrida, aproveitem e não errem mais 😉 Ah! hoje o post saiu atrasadíssimo por um motivo super importante – Meu sobrinho nasceu, ô alegria sem tamanho!! 😀 Ele é a coisinha mais linda do mundo, tem foto dele lá no meu instagram pessoal @LeilaneLimas, passem para conhecê-lo 🙂 

Fazer alongamento antes da corrida – VERDADE

Aquele alongamento mais concentrado realmente não é recomendável. Mas um alongamento rápido para preparar os músculos para a corrida continua sendo uma regra. A dica é escolher o alongamento dinâmico (saltos, polichinelos, agachamentos sem peso, rotação dos braços e quadris etc) antes do treino. Esses movimentos aumentam a mobilidade das articulações e a amplitude do movimento, além de prevenir lesões. Em uma revisão de estudos científicos do periódico do American College of Sports Medicine apontaram que segurar os músculos durante o alongamento por até 45 segundos antes de correr não prejudica o rendimento, mas também não melhora; enquanto fazer alongamento dinâmico é sempre positivo.

corrida1

Durante a gravidez, é proibido correr – MITO

Gravidez é um momento que precisa-se de muito cuidado e atenção. Mas isso não quer dizer que a mulher deva abandonar a corrida. Na gestação é recomendável reduzir o ritmo dos treinos – mantendo os batimentos cardíacos no máximo até 140 bpm. O ideal é sempre estar acompanhando as recomendações médicas e, se ele liberar, procurar um professor de Educação Física. No entanto é uma prática que tem um limite, normalmente não podendo passar do sexto ou sétimo mês. A corrida faz bem, seja para grávidas ou não, mas vale a pena destacar que  se você nunca correu e agora que engravidou, quer começar, adiar o início é a melhor escolha. Espere seu bebê nascer. A corrida é recomendável para gestantes que já praticavam o esporte há pelo menos um ano e fez todos os exames pré-natais e cardíacos. 

corrida2

Corrida é melhor do que caminhada – MITO

Qual é o seu objetivo?! – Emagrecer, ganhar resistência, tonificar os músculos?? Os dois exercícios físicos melhoram o condicionamento físico e fortalecimento muscular. No entanto, na corrida, por ser um exercício de maior intensidade, é possível gastar mais calorias. Uma caminhada intensa, variando o percurso com subidas, pode resultar em um trabalho aeróbico e muscular semelhante ao de uma corrida leve. Para definir qual é o melhor exercício, vai depender de qual objetivo você quer alcançar e também de pessoa para pessoa. Se uma pessoa tem alguma restrição médica ou não curte correr, a caminhada é a melhor opção.

corrida3

Cãibra indica falta de potássio – MITO

Apesar do senso comum, a falta de potássio não é a causa de cãibras. As contrações estão mais ligadas a baixos níveis de magnésio e sódio, além falta de hidratação, falta de alongamento e excesso de esforço. Portanto, comer banana todo dia para evitar, não é a solução. Beber água e se alongar são melhores opções. 

Correr deixa o bumbum e seios caídos – MITO

Correr é ótimo para queimar calorias, mas não tem a mesma eficiência quando o objetivo é tonificar os músculos. Por isso, é recomendável complementar a corrida com alguma atividade de fortalecimento muscular, como é o caso da musculação, ginástica funcional, entre outros. Mas apesar disso, a corrida não deixa o bumbum nem os seios caídos, mas sempre escolha tops bem seguros na hora da prática. Os melhores são os que tem alças bem largas, com uma ótima sustentação dos seios, evitando o balanço do busto durante a corrida.

corrida4

Quanto maior a passada, melhor a corrida – MITO

Para quem tem pernas curtas, a passada longa vai exigir um esforço excessivo, fazendo com que a pessoa canse muito mais rápido. Nesse caso, o ideal é dar passadas mais curtas em maior número. Assim, você economiza esforço e o exercício rende mais. Mesmo para quem tem pernas compridas, passadas abertas demais podem resultar em um gasto maior de energia e maior perigo de lesão por causa do impacto com o solo. Conheça seu corpo, seus limites e experimente diferentes tamanho de passadas até encontrar o ritmo mais confortável.

corrida5

Mitos esclarecidos, aproveitem para iniciar a prática. Não gasta nada, a não ser calorias e suor! haha

Obs: É sempre importante lembrar que antes de iniciar qualquer exercício físico, deve-se passar pelo Médico e em seguida procurar um profissional de Educação Física.

Mexam-se!

Beijos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: