Perdendo calorias no spinning

26 jun

Oi meninas, hoje o papo doce é sobre spinning. Quem já fez spinning sabe da loucura que é uma aula. Além de ser super puxada é cheia de desafios e bem empolgante. Eu adoro! Além de ser uma ótima prática, é possível perder alguns quilinhos e melhorar o condicionamento físico. Detona calorias! (opa essa parte a mulherada adora né?! haha.) O conjunto da prática do spinning faz ser uma exercício bastante procurado nas academias, galera motivada a pedalar com vontade, uma música boa e animada faz seus praticantes se empolgarem. Tudo isso contribui para essa prática ser apaixonante! 

sin1

O  indoor – como também é conhecido – foi criado nos Estados Unidos, em 1995, pelo ciclista sul-africano Johnny G. Desde então, virou sucesso total. É uma prática que não necessita de nenhuma habilidade específica. É só ter disposição, sentar e pedalar. Além de emagrecer, ele enrijece as pernas e glúteo, melhora a postura, já que o abdômen também se fortalece para sustentar o corpo na postura correta e ameniza o estresse. 

TURBINANDO SUA PRÁTICA

  • Usar frequencímetro

O frequencímetro é um ótimo aliado na atividade física. Ele serve para monitorar a freqüência cardíaca durante a prática e assim fica mais fácil queimar gordura, já que o equipamento mostra se você está abaixo ou acima da chamada zona alvo. Algumas mulheres fazem spinning com o objetivo de emagrecer e não conseguem perder peso porque pedalam numa freqüência muito baixa, não conseguindo atingir a zona de treinamento para queimar gordura que é o objetivo.

sin5

  •  Calçar sapatilha

A bicicleta de spinning tem um firma-pé para prender o tênis. É indicado usar uma sapatilha especial, a mesma utilizada por ciclistas profissionais (à venda em lojas de artigos esportivos), isso fará com que a prática melhore muito, além de ficar mais confortável. Quando se faz a aula usando um tênis, que tem a sola mais macia, a tendência é forçar o arco do pé. Isso pode causar desconforto ou até uma inflamação. Cuidado!

sin6

  • Respeitar o cronograma das aulas e o seu corpo

As aulas seguem normalmente uma periodização onde o professor programa-a de acordo com alguns pontos. Por exemplo: Têm as sessões de montanha, em que faz bastante força para trabalhar os músculos das pernas; as sessões endurance, que tem o objetivo de perda de gordura; além dos treinos intervalados, para ganhar fôlego e melhorar o condicionamento físico. Ou seja: as aulas não são sempre as mesmas. É possível pedalar todo dia em intensidades diferentes sem ultrapassar o limite do seu corpo.

sin3

  • Utilizar banco de gel ou bermuda acolchoada

Como a prática exige pedala sentada em vários momentos da aula, o bumbum costuma doer. Afinal, o banco da bike de spinning é bem estreito. Uma capinha de gel que encaixa no banco ou uma bermuda com proteção extra no bumbum são dois recursos que proporcionam mais conforto durante as pedaladas. 

sin4

  • Hidratar o organismo

Uma garrafinha com água NÃO PODE FALTAR! Além de contribuir para manter um bom rendimento,  faz bem ao corpo.

  •  Manter uma toalha por perto

É importante não esquecer da toalhinha, por ser uma prática de grande intensidade, acaba havendo grande transpiração. E para evitar que as mãos escorregarem do guidão durante a aula, é bom levar. 

sin7

LESÕES VERSUS SPINNING

Muita gente considera o spinning uma prática perigosa, que sobrecarrega os joelhos. No entanto, posicionando-se corretamente na bike antes de começar não terá problema nenhum futuro.

Confiram os passos para regular seu banco na medida certa.

1. Altura do banco
Antes de subir, fique ao lado do banco e ajuste-o na altura do osso do quadril. Ao sentar na bike, o seu joelho ficará um pouco flexionado quando o pedal estiver embaixo.

2. Distância do banco para o guidão
É a medida do seu antebraço, do cotovelo até a mão fechada. Para conferir, ao sentar, o seu joelho não deve ultrapassar a linha da ponta do pé.

sin2

3. Altura do guidão
Deixe-o mais alto que o banco. Isso garante uma pedalada confortável.

4. Ajuste do firma-pé
Prenda o tênis na fita, deixando-o firme, e coloque o cadarço para dentro, para não enroscar no pedal.

E aí curtiram o post?? Ficou bem completo e explicadinho. Qualquer dúvida, comentem, perguntem 😉

Obs: É sempre importante lembrar que antes de iniciar qualquer exercício físico, deve-se passar pelo Médico e em seguida procurar um profissional de Educação Física.

MEXAM-SE!

Beijos!

Anúncios

2 Respostas to “Perdendo calorias no spinning”

  1. Priscila Menezes junho 27, 2013 às 11:15 #

    Eu pratico spinning de 2 a 3 vezes por semana, é otimo e acaba com todo meu estress… ameiii o post. Obrigada sempre pelas dicas galera. #saúde e bem estar sempre#

    Priscila Menezes, Campinas/SP

    • leilanelimas junho 27, 2013 às 20:04 #

      Oi Pri, é bom demais! Eu adoroo 😀
      Oba! Que bom linda, fico muito feliz 😀 Falou tudo, saúde em primeiro lugar 😉
      Obrigadão pelo comentário.
      Bju!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: