Tag Archives: perdendo calorias com o spinning

Dança: seus benefícios ao corpo

18 jul

Oi meninas, quem curte dançar?? A dança além de ser um ótimo refugio para distraí a mente é uma opção para quem deseja perder algumas calorias e ficar mais feliz. Dança que antes era praticada por muito apenas por hobby, de uns tempos pra cá é super procurada para quem deseja se exercitar. A música, tem tudo a ver com exercício, uma boa prática sempre tem que ter uma boa música animada para embalar a disposição e incentivar o exercício, fazendo com que o treino renda bem mais. Além de determinar a intensidade da prática. 

Estudo realizado na Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que malhar ouvindo música acelera o metabolismo dos lipídeos e a remoção do ácido lático (responsável pelas dores musculares), mais do que em silêncio. Ah! Aproveitem a playlist para os exercícios físicos e renda 10x mais no treino! Então, a dança além de ser um exercício super gostoso, não custa nada entrar no embalo da música e aproveitar seus efeitos positivos e sair dançando por aí!

dan2

  • Distrai a mente

Bom meninas, como falei, a mente é uma prática super aliada a estímulos, um deles é a estimulação do hipocampo, área do cérebro responsável pela memória. Já que dançar requer, atenção, concentração para processamento das coreografias, além de coordenação para realizar os movimentos. De acordo com pesquisas, dançar regularmente aumenta em 15% o número de células no hipocampo e reduz o risco de demência, doença comum do envelhecimento. “A prática ainda melhora a oxigenação do cérebro e a conexão entre os neurônios” (SMBEE).

  • Aumenta a socialização

Dançar proporciona uma grande socialização, já que é um exercício que tem bastante interação entre os alunos, isso faz com que aumente a autoestima, a disposição, diminuindo o stress, cansaço e a timidez. Além de tudo isso, aprender a dançar é ótimo e melhor ainda quando colocamos as lições em prática em festas e baladas. Adoro! 

dan

  • Sem vergonha pra dançar

Não pense você que só faz aula de dança quem sabe dançar. Muito pelo contrário, academias, estúdios entre outros lugares oferecem aula de dança para iniciantes, para alunos de todos os perfis e idades. Gente, a dança é algo contagiante, gostoso e alegre. Não fique apreensiva em começar, todo mundo vai na mesma vibração e ninguém fica prestando atenção se você saio ou não do ritmo. Arrisquem-se!

da3

  • Perdendo calorias

Você dança, se diverte, fica alegre, conhece gente nova e ainda perde calorias. Os movimentos são constantes, queima calorias e ainda fortalece os músculos, melhora a força e o condicionamento físico, trabalhando a mobilidade das articulação. Um estudo da Universidade Sheffield Hallam, na Inglaterra, confirma: exercícios sincronizados com a música têm maior consumo de oxigênio – e, consequentemente, de calorias.

  • Corpo saudável

A dançar deixa o corpo mais solto, os movimentos fluidos e a postura mais bonita e isso tudo dá para perceber no dia a dia, fora da sala de aula!  Com tantas vantagens, o melhor negócio é mexer o corpo no ritmo da sua música preferida. Se joguem na dança! 😉

dan1

Entre no ritmo

Veja quantas calorias você vai queimar em 30 minutos mexendo o corpo em alguns estilos de dança

Sh’bam/zumba: 250 cal
Samba rock: 255 cal
Forró universitário: 236 cal
Samba de gafieira: 236 cal
Street dance: 175 cal
Dança do ventre: 175 cal
Balé: 173 cal
Dança de salão: 144 cal
Dançar na balada: 100 cal

Vamos dançar galera?? Espero que tenham curtido as dicas saudáveis.

Obs: É sempre importante lembrar que antes de iniciar qualquer exercício físico, deve-se passar pelo Médico e em seguida procurar um profissional de Educação Física.

Mexam-se!

Beijos!

Anúncios

Músicas para atividade física

3 jul

Oi meninas, para quem faz exercício físico sabe que não existe uma boa prática sem uma boa música animada no fundo para fazer toda diferença na disposição.  Eu mesma não dispenso uma animadíssima trilha sonora para minhas corridas diárias e super recomendo. Como já falei por aqui, a música além dar mais disposição na hora da prática, faz com que você não desanime e nem disperse na academia com conversas paralelas. Ahh além de ser uma ótima aliada também para quem está sem companhia nos exercícios físicos.  

música

“De acordo com um estudo feito pelo professor de educação física, Marcelo Bigliassi, publicado na Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, mostrou que a playlist que você escuta enquanto pratica exercícios pode ser fundamental para acelerar os resultados. Enquanto você malha, corre ou caminha e ouve uma canção que te agrada, a concentração momentânea desvia a atenção das dores ou do cansaço, motivando a atividade.” (Revista Brasileira de Psicologia).

Agora não tem mais desculpa, aproveitem essa seleção de hits que andam fazendo sucesso no momento e dê um Up total nos seus exercícios.

1. Don’t You Worry Child (Swedish House Mafia).
2. Somebody That I Used To Know (Gotye).
3. Feel So Close (Calvin Harris).
4. I Follow Rivers (Lykke Li).
5. Sweet Dreams (Eurythmics).
6. Titanium (David Guetta).
7. Seven Nation Army (Bingo Players).
8. Mas Que Nada (Jorge Bem Jor).
9. Glad Your Came (The Wanted).
10. Ode To Oi (TJR).
11. Fade Into Darkness (Avicii).
12. We Found Love (Rihanna feat. Calvin Harris).
13. Calling Lose My Mind (Sebastian Ingrosso & Alesso Ryan Tedder).
14. Call Me a Spaceman feat. Mitch Crown (Hardwell).
15. Spectrum (Zedd).
16. Reason (Nervo).

Dê play na música e na sua saúde!

música1

Obs: É sempre importante lembrar que antes de iniciar qualquer exercício físico, deve-se passar pelo Médico e em seguida procurar um profissional de Educação Física.

Mexam-se!

Beijos!

Perdendo calorias no spinning

26 jun

Oi meninas, hoje o papo doce é sobre spinning. Quem já fez spinning sabe da loucura que é uma aula. Além de ser super puxada é cheia de desafios e bem empolgante. Eu adoro! Além de ser uma ótima prática, é possível perder alguns quilinhos e melhorar o condicionamento físico. Detona calorias! (opa essa parte a mulherada adora né?! haha.) O conjunto da prática do spinning faz ser uma exercício bastante procurado nas academias, galera motivada a pedalar com vontade, uma música boa e animada faz seus praticantes se empolgarem. Tudo isso contribui para essa prática ser apaixonante! 

sin1

O  indoor – como também é conhecido – foi criado nos Estados Unidos, em 1995, pelo ciclista sul-africano Johnny G. Desde então, virou sucesso total. É uma prática que não necessita de nenhuma habilidade específica. É só ter disposição, sentar e pedalar. Além de emagrecer, ele enrijece as pernas e glúteo, melhora a postura, já que o abdômen também se fortalece para sustentar o corpo na postura correta e ameniza o estresse. 

TURBINANDO SUA PRÁTICA

  • Usar frequencímetro

O frequencímetro é um ótimo aliado na atividade física. Ele serve para monitorar a freqüência cardíaca durante a prática e assim fica mais fácil queimar gordura, já que o equipamento mostra se você está abaixo ou acima da chamada zona alvo. Algumas mulheres fazem spinning com o objetivo de emagrecer e não conseguem perder peso porque pedalam numa freqüência muito baixa, não conseguindo atingir a zona de treinamento para queimar gordura que é o objetivo.

sin5

  •  Calçar sapatilha

A bicicleta de spinning tem um firma-pé para prender o tênis. É indicado usar uma sapatilha especial, a mesma utilizada por ciclistas profissionais (à venda em lojas de artigos esportivos), isso fará com que a prática melhore muito, além de ficar mais confortável. Quando se faz a aula usando um tênis, que tem a sola mais macia, a tendência é forçar o arco do pé. Isso pode causar desconforto ou até uma inflamação. Cuidado!

sin6

  • Respeitar o cronograma das aulas e o seu corpo

As aulas seguem normalmente uma periodização onde o professor programa-a de acordo com alguns pontos. Por exemplo: Têm as sessões de montanha, em que faz bastante força para trabalhar os músculos das pernas; as sessões endurance, que tem o objetivo de perda de gordura; além dos treinos intervalados, para ganhar fôlego e melhorar o condicionamento físico. Ou seja: as aulas não são sempre as mesmas. É possível pedalar todo dia em intensidades diferentes sem ultrapassar o limite do seu corpo.

sin3

  • Utilizar banco de gel ou bermuda acolchoada

Como a prática exige pedala sentada em vários momentos da aula, o bumbum costuma doer. Afinal, o banco da bike de spinning é bem estreito. Uma capinha de gel que encaixa no banco ou uma bermuda com proteção extra no bumbum são dois recursos que proporcionam mais conforto durante as pedaladas. 

sin4

  • Hidratar o organismo

Uma garrafinha com água NÃO PODE FALTAR! Além de contribuir para manter um bom rendimento,  faz bem ao corpo.

  •  Manter uma toalha por perto

É importante não esquecer da toalhinha, por ser uma prática de grande intensidade, acaba havendo grande transpiração. E para evitar que as mãos escorregarem do guidão durante a aula, é bom levar. 

sin7

LESÕES VERSUS SPINNING

Muita gente considera o spinning uma prática perigosa, que sobrecarrega os joelhos. No entanto, posicionando-se corretamente na bike antes de começar não terá problema nenhum futuro.

Confiram os passos para regular seu banco na medida certa.

1. Altura do banco
Antes de subir, fique ao lado do banco e ajuste-o na altura do osso do quadril. Ao sentar na bike, o seu joelho ficará um pouco flexionado quando o pedal estiver embaixo.

2. Distância do banco para o guidão
É a medida do seu antebraço, do cotovelo até a mão fechada. Para conferir, ao sentar, o seu joelho não deve ultrapassar a linha da ponta do pé.

sin2

3. Altura do guidão
Deixe-o mais alto que o banco. Isso garante uma pedalada confortável.

4. Ajuste do firma-pé
Prenda o tênis na fita, deixando-o firme, e coloque o cadarço para dentro, para não enroscar no pedal.

E aí curtiram o post?? Ficou bem completo e explicadinho. Qualquer dúvida, comentem, perguntem 😉

Obs: É sempre importante lembrar que antes de iniciar qualquer exercício físico, deve-se passar pelo Médico e em seguida procurar um profissional de Educação Física.

MEXAM-SE!

Beijos!